X

Música de São Paulo – da Catira ao Rap

Um projeto de: Betão Aguiar e Paulinho Boca de Cantor
Curadoria: Paulinho Boca de Cantor, Ivan Vilela, Sergio Molina e Mauricio Pereira
Realização
: G11 – Associação para o Progresso e Desenvolvimento da Arte e da Cultura & Coletivo Navegantes com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura
Produção Executiva
: Betão Aguiar
Coordenação Geral: David Contreras

Site desenvolvido pela: Refazenda
Design de interface: André Vallias
Coordenação de produção: Nelci Frangipani
Programação: Tiago Cândido
Trilha de abertura: Zé Nigro

Assessoria de imprensa: Fernanda Couto - sete8 Comunicação

Depoimentos: Zuza Homem de Melo, Clemente, Inezita Barroso, Renato Teixeira, Sérgio Reis, Wandi Doratiotto, Ná Ozzetti, Suzana Sales, Kiko Dinucci, Oswaldinho da Cuíca, Edgar Scandurra, Toquinho, Pena Schmidt e os curadores

Câmera e edição de vídeos: Arthur Roessle
Som direto: Renato Cortez
Mixagem áudio: Felipe Magalhães

Agradecimentos: Sérgio Tiezzi, Reinaldo Guimarães, Edson Botelho, Ivald Granato, Gisele Jordão - 3d3, Renata Alucci - Alucci e Associados, Edson Vaz, Walter Peralta Jr., Valter Silva e equipe da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, Zuza Homem de Melo, Inezita Barroso, Fernando Faro, Renato Teixeira, Sérgio Reis, Oswaldinho da Cuíca, Edgar Scandurra, Toquinho, Pena Schmidt, Wandi Doratiotto, Ná Ozzetti, Suzana Sales, Kiko Dinucci, Clemente, Kabelo, Genildo Fonseca, Roberto Ouropalo "Bob" - (ABACH) Casa da Fazenda, Ary Costa Pinto, Nico Prado - Viola Minha Viola, Zé Nigro, Fefê Gurman, Daniel Turcheto, Eide - Vila Milagro, Adilson - M.W.M. Rent a Car, Fernanda Couto - sete8 Comunicação, Roberto Solera, Carlinhos Marques, José Virgílio Figueiredo - Arte no Dique, Paulo Renato Alves - Fórum da Cidadania de Santos, Marcelo Campos Laranja – Clube do Choro de Santos, Prefeitura Municipal de São Luiz do Paraitinga, Netto Campos, Nilde, Almir, Escola Estadual Carlos Maximiliano Pereira dos Santos, Raul Teixeira, Danilo e equipe do Teatro da Vila, Adriana Maciel, Flavia Baliero Lodi, Maneco Silva, MIS Campinas, Dante Ozzetti, José Geraldo Vinci de Moraes, Auditório Ibirapuera, e a todos os profissionais que fazem a história da Música de São Paulo.

APRESENTAÇÃO
CURADORIA
PESQUISA
CRITÉRIOS
TEXTOS
Um olhar sobre a mistura de sons que contam a história
da música de São Paulo: da catira ao rap



Fui convidado pelo meu filho Betão Aguiar, músico e produtor musical, que é paulistano, para apresentarmos e executarmos juntos este projeto. Havia feito um levantamento semelhante na música da Bahia e sabia de caminhos que poderiam ajudar de alguma maneira, a caminharmos também pela rica história da música paulista.

O momento não poderia ser mais oportuno, já que São Paulo vive um tempo de grande movimentação cultural, vem desbancando a crise criativa que se instalou na nossa música popular e não para de revelar novos talentos. É só conferir o agito nas tribos, nos teatros e nas casas noturnas.

Diferente de outros momentos, em que a mídia tinha os olhos voltados para o que acontecia em outros estados - sobretudo no Rio de Janeiro, hoje todo Brasil está ligado no que acontece em São Paulo. Inúmeros eventos musicais e culturais diários, provando que se houve estagnação e crise criativa, elas já ficaram para trás.

A idéia do projeto Música de São Paulo – da Catira ao Rap é fazer um levantamento do que foi produzido no passado, mas olhando para o futuro, disponibilizando informações para que novas gerações possam reconhecer e se apropriar do que foi expresso na música paulista, para assim trilhar seus próprios caminhos. Mesmo porque na dinâmica veloz de São Paulo, é difícil restar  muito tempo para se pensar em tradições.

Num primeiro momento, reunimos pessoas que se identificaram com o projeto. De cara queremos destacar a imprescindível colaboração da Gisele Jordão e da Renata Allucci , da 3D3 Comunicação e Cultura, para iniciarmos o processo de elaboração e execução do projeto.

Para compor a curadoria, nomes que atuam de várias maneiras na musica de São Paulo. Músicos, cantores e compositores, paulistas, com trabalhos brilhantes na área e interessados na história da nossa musicalidade. Convidamos Sérgio Molina, Mauricio Pereira e Ivan Vilela.

Em reuniões marcadas pela tranqüilidade e muito humor, numa dessas simpáticas vilas da cidade, tomamos café e conversamos sobre a grandeza da música paulista, e sobre o desafio de conseguir abordar tantas coisas necessárias e importantes no projeto.

Chegamos à conclusão que, através de músicas que contassem essa história por elas mesmas, poderíamos ter um caminho. Mas nos deparamos com um caminho tortuoso, pois são muitas e muitas músicas que poderiam ser lembradas e selecionadas, que expressam o verdadeiro espírito de São Paulo.

Mas topamos o desafio. Cada um de nós fez suas pesquisas, acessou seus arquivos e apresentou a sua lista, com as respectivas justificativas. Com muitas conversas e poucas discordâncias, chegamos a um consenso e conseguimos eleger 36 canções, de várias fases da música de São Paulo. A partir delas apresentaremos aqui o nosso olhar sobre essa história.

Além do site, faz parte do projeto um show previsto para 2011, reunindo nomes expressivos da música de São Paulo interpretando essas canções selecionadas, para disponibilizarmos esse estudo também em CD e DVD. Por isso a síntese de toda essa história em 36 canções.

Músicas que pontuam vários momentos marcantes da produção paulista, do início do século XX até os dias atuais: a matriz caipira (uma das marcas fortes da musica de SP), o samba paulista tradicional, suas várias vertentes e até os pagodes atuais, o variado cardápio do rock paulista, a rica musica instrumental, a vanguarda paulistana, os fenômenos de popularidade, a musica pop romântica e os movimentos da periferia.

Obviamente, fizemos uso de alguns critérios para nortear nossas escolhas: a importância e qualidade da obra, sua representatividade, sua notoriedade, popularidade, seu espírito e sotaque. Enfim, que expresse a cara de São Paulo e que tenha contribuído para construir a sua história musical.

Como não é um concurso para escolhermos as melhores músicas e não estamos discutindo somente a qualidade da obra e sim toda musica produzida em SP, pontuamos alguns fenômenos de popularidade que sempre aconteceram e continuam acontecendo com freqüência na música e na vida de São Paulo.

Além das canções em si, indicamos diversas referências sobre elas, e também biografias dos seus respectivos autores, textos e depoimentos em áudio e vídeo dos curadores e de figuras de destaque da música e da cultura de São Paulo. Nomes como Zuza Homem de Melo, Inezita Barroso, Renato Teixeira, Sérgio Reis, Ná Ozetti, Suzana Sales. Wandi Doratiotto, Toquinho, Edgar Scandurra, Clemente, Osvaldinho da Cuíca, Kiko Dinucci, entre outros.

Claro que não são apenas essas pessoas e essas canções que retratam o universo e a força dinâmica da música e da vida de um Estado sempre em movimento, e que não para nunca. São muitos nomes e trabalhos importantes não só de paulistas, mas dos que mesmo não tendo nascido em São Paulo contribuíram para a grandeza da sua música. Enquanto elaboramos e executamos esse projeto, temos certeza que novos nomes, novas canções e novos movimentos que ainda não se tornaram conhecidos do grande público, nem chegaram ainda na mídia, estão acontecendo e também passarão a fazer parte do universo da música paulista.

O site pretende acompanhar os caminhos da música e da vida de São Paulo e vocês são nossos olhos e nossos ouvidos. Por isso, disponibilizamos um mural para que todos possam divulgar seus trabalhos, inéditos ou não, suas agendas, suas críticas, complementações e sugestões.

Portanto, fiquem conectados e usufruam do site, vamos contar e acompanhar essa história juntos, mostrar como a música é viva e atuante em São Paulo, como ela sempre foi importante e fundamental em todos os seus momentos.

Agora é só você dar uma geral por aqui e passar a fazer parte desse universo espetacular.

Paulinho Boca de Cantor

MÚSICAS
DEPOIMENTOS
MURAL
BUSCA
CRÉDITOS
Rita Lee

As fases na carreira da cantora e compositora Rita Lee: Mutantes, Tutti Frutti e Roberto de Carvalho...
Cornélio Pires

Inezita Barroso fala sobre Cornélio Pires.
A Diversidade da Cena Musical Paulistana

Edgard Scandurra fala sobre sua participação no trabalho de diversos artistas que atuam em São Paulo.
Esta é uma pesquisa em constante evolução. A Música de São Paulo não pára, e por isso deixamos o nosso Mural para que você faça sua homenagem aos artistas que fazem essa história.
© 2010 Coletivo Navegantes | Desenvolvimento: Refazenda